terça-feira, 9 de setembro de 2008

Auschwitz-Birkenau



Numa viagem à Polónia que fiz à 2 anos, tive o dia mais arrepiante de toda a minha vida.
Sabia que ia visitar o maior campo de concentração e apesar de conhecer um pouco da história deste campo, optei por não aprofundar o conhecimento, pois iria ter a oportunidade de o fazer "ao vivo e a cores".

O que não esperava era que esse dia fosse tão intenso e me deixasse tão perturbada como fiquei, ao chegar, o silêncio que se sentia era de cortar a respiração....À entrada estava a frase "Arbeit macht frei" e partir desse portão acabaram as conversas, os comentários, apenas olhavamos com terror e também respeito, por todos os que sofreram ali em Auschwitz.


A determinada altura deparamo-nos com uma pessoa que se dirigiu a nós dizendo que era sobrevivente daquele campo, na duvida, começamos a "torcer o nariz" e pensavamos: "como é que é possivel?" e era.....e foi possivel acreditar quando aquele senhor levantou as mangas da sua camisola e nos mostrou a tatuagem do numero que o identificava naquele campo de horrores....ainda meio atordoados fomos até Birkenau,este campo encontra-se a 3km de Auschwitz, o objectivo deste campo não era manter os prisioneiros como força do trabalho,mas sim extermina-los.

Até amanhã

10 comentários:

Ladybug disse...

Imagino que tenha sido mesmo arrepiante! Era uma viagem que gostava de fazer...

Vício disse...

há uns dias comprei uma BD sobre esse tema! sem duvida que é arrepiante imaginar tudo o que se passou lá!

Brigitte disse...

Em resposta:

Ladybug - E foi....vai que vale a pena....

Vicio - o mais arrepiante foi ouvir o sobrevivente a contar o que lá tinha passado.

YESALEL disse...

Deve ter sido de super arrepiante... Só imaginar o sofrimento que houve naqueles campos, as torturas...

aespumadosdias disse...

Hoje só consegui passar por aqui agora. Muito trabalho.
Em relação aos campos de concentração deve ser arrepiante.

bono_poetry disse...

...oi ...o mundo ja tem as suas quantas historias macabras...esta e uma delas...mas existem tantas outras recentes e bastante presentes que nao se chega a ouvir ou ver...tenho vontade de conhecer alguns paises que ainda nao tive como visitar e este e um deles...e verdade que nos perdemos um pouco nos trilhos mas aqui estou eu..ainda bem que me visitaste...

ONDINHAS disse...

atrocidades...que infelizmente ainda se vivem pelo mundo fora.

beijinho

Cláudia disse...

É um dos sitios que gostava de visitar...principalmente pela história.
As imagens que mostras, realmente dão mesmo a entender como as coisas são para lá desse muro!

Bjs

LP disse...

Por acaso gostava de ir a um campo de concentração... Mas aposto que depois andaria uns dias cabisbaixa e sempre a imaginar o horror daqueles que por lá passaram...

E ainda para mais se ouvisse o relato de um sobreviventes.

Beijinho

_+*A Elite in Paris*+_ disse...

Fiz uma visita desse tipo aqui em França... um dos dias mais impressionantes da minha vida, sem duvida!

Beijo meu,

A Elite